Você está aqui: Pagina PrincipalEventos

Prof. Marcos de Araújo lança livro "Princípio da igualdade entre mulheres e homens na Polícia"

     O professor, doutor e advogado Marcos de Araújo lança nesta sexta-feira (28) às 19h, no restaurante Supren Verda em Brasília, o livro "Princípio da igualdade entre mulheres e homens na Polícia". Além do lançamento, haverá gravação do programa Café com Virtudes e apresentação do quarteto Brasília Sax, que deixará o ambiente ainda mais agradável para uma noite de autógrafos, bate-papo e boa música.

     A obra, que será lançada, é baseada nas pesquisas desenvolvidas para conclusão da Tese de Doutorado em Ciências Jurídicas e Sociais. A publicação também estuda a mobilidade social feminina e o princípio da igualdade entre mulheres e homens nas Polícias de Buenos Aires, principalmente na Federal, e na Polícia Militar do Distrito Federal do Brasil. Analisa, ainda, a atuação das mulheres em algumas Polícias das Américas e sua integração nas Operações de Paz da ONU.

Sobre o autor

     Marcos de Araújo é advogado; doutor em Ciência Jurídica e Social; mestre em Ciência Política; especialista em Segurança Pública, Direitos Humanos e Política Criminal; e também em Gestão Estratégica em Segurança Pública pela PMDF/UNB. Realizou o Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE) e o Curso Superior de Defesa, ambos na Escola Superior de Guerra – ESG-RJ. É escritor, pesquisador, professor de Direito Constitucional, Penal, Administrativo e de História e Cultura Afro Brasileira. É Coronel da Reserva da Polícia Militar do Distrito Federal. Foi Subcomandante Geral da PMDF, Diretor Acadêmico e Diretor de Pesquisa e Pós-graduação do Instituto de Ciências Policiais de Brasília (ISCP) e Juiz Militar na Auditoria Militar junto ao TJDFT. É autor do livro “Mobilidade Social, Multiculturalismo ou Discriminação na Polícia Militar - Um estudo sobre estigmas e preconceitos na corporação”; é co-autor dos “Comentários ao Estatuto dos Policiais Militares da PMDF - Lei 7289/84” e dos “Comentários Jurídicos ao Estatuto dos Servidores Civis da União - Lei 8112/90”.

Serviço:

Lançamento do livro "Princípio da igualdade entre mulheres e homens na Polícia"
Data: 28 de outubro (sexta-feira)
Horário: 19h
Local: Restaurante Supren Verda
Endereço: SCLN 203, bloco D, loja 53 (Asa Norte) - Brasília/DF

Lançamento do Livro - PRINCÍPIO DA IGUALDADE ENTRE MULHERES E HOMENS NA POLÍCIA

 

É com imenso prazer que a Editora CRV comunica que o livro “PRINCÍPIO DA IGUALDADE ENTRE MULHERES E HOMENS NA POLÍCIA” do professor, doutor e advogado Marcos de Araujo foi lançado em nosso site (links encurtados pelo google por questões práticas, o endereço é livre de ameaças):

Link venda do livro no site da Editora CRV

O mesmo também foi divulgado em nossas redes sociais conforme seguem abaixo os links de acesso:

Editora CRV

https://www.editoracrv.com.br/index.php?f=produto_detalhes&pid=31792

www.editoracrv.com.br

Facebook:

https://goo.gl/HGL2Fi

Linkedin:

https://goo.gl/tPd8Q2

Google Plus:

https://goo.gl/rTpvy0

Twitter:

https://goo.gl/drpnt7

Instagram:

https://goo.gl/fsPSP7

 

RPMON comemora 23 anos de Equoterapia

Escrito por Carlos Brant

    O Regimento de Polícia Montada "Coronel Rabelo" realizou neste sábado (07/05/16), a tradicional Festa da Família em comemoração aos 207 anos da PMDF, 34 anos do RPMON, 23 anos de criação do Centro de Equoterapia PMDF, além de comemorar o dia das mães.

    A festa contou com a participação de cerca de 400 pessoas, entre familiares e amigos de praticantes. O evento também contou com a participação do chefe do Departamento Operacional, coronel Alexandre Sérgio, do ex-subcomandante-geral, coronel RR De Araújo, e do Presidente Ande-Brasil, coronel RR Dornelles.

    Neste ano, o tema da festa foi "O Circo da Equoterapia" e contou com oito apresentações, sendo quatro delas feitas por praticantes da equoterapia, professoras e policiais militares. Outras quatro apresentações foram gentilmente realizadas pelo Circo Real Português.

    O espetáculo foi comandado pelo apresentador, cabo Vanderlan, que, emocionado, confessou não ter visto nada igual na história desde que ingressou na PMDF. Encerrando as festividades, foi realizada uma homenagem ao major Oliveira, por sua valorosa contribuição pela passagem da Tocha Olímpica no Regimento de Polícia Montada, e também à professora Vera Regina Angelo que está se aposentando da equoterapia.

Fonte: http://www.pmdf.df.gov.br/site/index.php/2011-08-07-02-53-55/10443-rpmon-realiza-tradicional-festa-da-familia

 

Solenidade alusiva aos 45 anos do 2º Batalhão de Polícia Militar

Escrito por Geovani Carvalho   

     Ocorreu na manhã de hoje (10/03/16), a solenidade alusiva aos 45 anos do 2º Batalhão de Polícia Militar. O evento, ocorrido na sede do próprio batalhão, reuniu o subcomandante da PMDF, coronel De Araújo, o comandante da unidade, tenente-coronel Rojas, dentre outras autoridades civis e militares.

    Foi feita uma homenagem póstuma ao cabo Renato Fernandes da Silva, falecido no mês de fevereiro após um acidente na BR 070 enquanto atendia uma ocorrência. Também foram entregues certificados a pessoas parceiras do 2º Batalhão. O capelão da PMDF, pastor Gisleno, fez uso da palavra onde destacou o momento de homenagem ao batalhão e a reflexão que se deve fazer nesses instantes. Ele destacou os 45 anos de excelente serviço do batalhão prestado a cidade de Taguatinga. Acompanhado do pastor, o diácono Marlon abençoou todos os presentes.

     

   Em seguida foi a vez do capitão Paulo Roberto Rocha Kron fazer uma homenagem póstuma ao cabo Renato.Integrante do Grupo Tático Operacional 22, o capitão lembrou dos treze anos de dedicação do cabo Renato à PMDF, suas passagens marcantes pelo Gtop 22 e 28, o entusiasmo e a alegria em pertencer ao Gtop, seus quase cem elogios, sua dedicação, lealdade e sinceridade. Logo após, a família do policial foi convidada a descerrar a foto do militar que passa a integrar a galeria do "2 de Ouro".

    O comandante da unidade, tenente-coronel Rojas, durante a Ordem do Dia, lembrou a data de inauguração do 2º Batalhão, 10 de março de 1971. Durante muito tempo, a unidade cuidou do policiamento nas cidades de Taguatinga, Ceilândia e Brazlândia. A primeira sede ficava no setor QNC, depois passando para onde hoje funciona o Complexo de Ensino da PMDF , na QNG e hoje ocupa a área no Centro de Taguatinga. No início dos anos 90, a unidade passou a cuidar exclusivamente da cidade de Taguatinga.

    O subcomandante da PMDF, coronel De Araújo, fez um breve discurso onde lembrou que sua primeira unidade foi o 2º Batalhão, chegando lá em 1990. Ele comandou durante algum tempo, a 3ª Companhia, responsável pelo policiamento em Taguatinga Sul e lembrou que alguns policiais nunca saíram da unidade, desde 1990.

    Encerrando a solenidade, a tropa formada desfilou em continência ao subcomandante-geral da PMDF.

 

 

 

 

Fonte: http://www.pmdf.df.gov.br/site/index.php/2011-08-07-02-53-55/9594-solenidade-alusiva-aos-45-anos-do-2-batalhao-de-policia-militar

 

Escritório de Gênero homenageia policiais femininas

                                                                            Escrito por Wallace Ximenes

     A Polícia Militar do Distrito Federal realizou, na tarde desta quarta-feira (09/03/16), um evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher. A homenagem foi no auditório da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). A mesa foi composta pelo comandante-geral, coronel Marcos Antônio Nunes, subcomandante-geral, coronel Marcos de Araújo, tenente-coronel Denise Dantas, fundadora e chefe do Escritório de Gênero, psicóloga Nicole Bacella, tenente-coronel Dra. Deise, médica ginecologista e obstetra do Centro Médico da PMDF e o secretário adjunto de Políticas para as Mulheres, Carlos Alberto. Cerca de 300 pessoas, em sua maioria mulheres policiais militares assistiram as palestras.

   O coronel Nunes enfatizou sobre as importantes decisões tomadas nesta semana com a finalidade de avançar no enfrentamento da violência contra a mulher. “Estivemos na Casa da Mulher Brasileira, firmando convênio para levar serviço de proteção às mulheres das escolas públicas e privadas”. Ele afirma também que o policiamento de Prevenção Orientada à Violência Doméstica (PROVID) expandiu para novas regiões administrativas de Brasília, com isso, um maior número de famílias poderá ser atendido pelo programa.

   A tenente-coronel Denise, palestrante do evento, conceituou o significado de gênero e abrangeu a construção sociocultural do homem e da mulher. Ela também fez uma abordagem de gênero nas forças de segurança, levantando temas como saúde, finanças, operações, capacitação e ainda frisou sobre a gestão de recursos humanos e materiais.

    A Dra. Deise, palestrante, discorreu sobre o tema “Saúde da Mulher” e assegurou que o câncer de mama é a principal causa de morte de mulheres, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares. Segundo ela, “a cada 13 minutos, uma mulher morre no mundo em decorrência da doença”. A médica falou sobre os fatores de risco, dentre eles o fator familiar, menopausa tardia, obesidade entre outros.

    Durante o evento, policiais femininas tiveram a oportunidade de marcar consultas e de apreciar a exposição de fotografias históricas e atuais de mulheres na PMDF. Para finalizar, a psicóloga  Nicole Bacella mencionou assuntos como tensão pré-menstrual e menopausa, como prevenir e tratar a fim de adquirir uma melhor qualidade de vida.

 

Fonte: http://www.pmdf.df.gov.br/site/index.php/2011-08-07-02-53-55/9584-escritorio-de-genero-homenageia-policiais-femininas

 

Pagina 1 de 10

Go to top